Copa Anju de Judô se consolida como um dos maiores eventos esportivos da região Norte

Competidores de quatro cidades de Mato Grosso participaram da 2ª Copa Anju de Judô, realizado neste sábado (1º), no Ginásio Jonas Pinheiro, em Nova Ubiratã.

Promovida pela Associação Nova Ubiratãense de Judô (Anju), com chancela da Liga Mato-grossense de Lutas Esportivas (LMTLE), a competição reuniu cerca de 150 atletas e se consolidou como um dos maiores eventos de artes marciais da região Norte do Estado.

Durante a cerimônia de abertura, o presidente da entidade, Sensei Cyro Capistrano da Silva Neto, enalteceu a importância do trabalho na formação de crianças e adolescentes em situação de risco e vulnerabilidade social.

“O esporte, em especial as artes marciais, tem o poder de transformar a vida das pessoas. De proporcionar sensações únicas, a exemplo, desta que estamos vivenciando hoje”, assinala.

“Ações dessa natureza são de extrema relevância, quando investimos em esportes estamos garantindo que essas crianças e adolescentes tenham um futuro promissor, longe das drogas e no caminho do bem”, pontua o prefeito do município, Valdenir José dos Santos.

Representando o Poder Legislativo, o vereador Diogo Setter, também destacou os benefícios proporcionados através da inclusão da modalidade esportiva.

“Desde o início a Câmara de Vereadores tem acompanhado o trabalho desenvolvido pela Anju. Reconhecemos a importância da entidade e defendemos a continuidade do apoio do poder público”, disse.

Convidado de honra o investigador da Polícia Judiciária Civil e faixa roxa de judô, Reinaldo Peróba, relembrou dos ensinamentos deixados pelo mestre Jigoro Kano, criador da modalidade esportiva.

“O judô é um referência quando o assunto é disciplina, lealdade, ética e comprometimento. São esses atributos que norteiam nossa filosofia de vida (…) ensinamentos que devem ser levados para o anseio familiar, escolar, profissional e os demais ambientes que vocês [praticantes] frequentem”, frisou.

Inclusão social

Um dos momentos mais emocionantes da competição foi marcado pela apresentação dos judocas e alunos da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Sorriso (APAE), Fernando Marcelo e Jéssica Der.

Exemplos de superação, ambos – faixa cinza, demonstraram na prática a importância da modalidade esportiva para a melhoria de vida dos Portadores de Necessidades Especiais (PNE’s).

“Eles [Fernando Marcelo, Jéssica Der] abrilhantaram ainda mais nosso evento e comprovaram que não existem limites quando se tem determinação e força de vontade. São verdadeiros exemplos de vida”, diz Capistrano.

Classificação geral

Incentivados pela torcida, os anfitriões confirmaram o favoritismo ao conquistarem 15 medalhas de ouro e assumirem a liderança da competição.

Cuiabá e Ipiranga do Norte conquistaram sete medalhas cada e os atletas sorrisense subiram seis vezes no lugar mais alto do pódio.

A 2ª Copa Anju de Judô contou com apoio da Prefeitura Municipal de Nova Ubiratã, através da secretaria de Esportes e Lazer, e da empresa BM Kimonos.

Fonte: Ubirata24horas

Brasileiros para nas preliminares no segundo dia de Grand Slam de Baku

David Lima (73kg), Eduardo Yudy (81kg), Ketleyn Quadros (63kg) e Ellen Santana (70kg) não avançaram em suas chaves. Competição continua no domingo, com mais Brasil no tatame

O segundo dia de competições do Grand Slam de Baku contou com a participação de quatro judocas brasileiros que lutaram na madrugada deste sábado. David Lima (73kg), Eduardo Yudy (81kg), Ketleyn Quadros (63kg) e Ellen Santana (70kg) caíram ainda nas preliminares e não conseguiram avançar em suas chaves.

Yudy e Ketleyn estrearam com vitórias na primeira luta, mas pararam em dois medalhistas olímpicos. O meio-médio brasileiro foi superado pelo canadense Antoine Valois-Fortier, e Quadros parou na campeã olímpica Tina Trstenjak, da Eslovênia, nas oitavas-de-final.

David Lima (73kg) levou o ippon no combate com o português Nuno Saraiva, e Ellen Santana (70kg) ficou no ippon da britânica Gemma Howell.

O Grand Slam de Baku continuará neste domingo com mais brasileiros em ação: Mayra Aguiar (78kg), Maria Suelen Altheman (+78kg), Rafael Macedo (90kg) e Rafael Buzacarini (100kg).

Assessoria de Imprensa: CBJ

 

LMTLE tem nova filiada na Capital do Estado de MT

Sensei Antônio Cláudio Ribeiro de 49 anos,  que é Faixa Preta de Judô desde o ano de 1997 pela Associação Cristã de Moços de Minas Gerais, localizada em Belo Horizonte -MG, e Faixa Preta de Jiu-Jitsu da Peposo Team desde o ano de 2014, registra sua filiação junto a LMTLE – Liga Mato-grossense de Lutas Esportivas.

Ribeiro que é Pastor Evangélico da Igreja Presbeteriana de Cuiabá, no Bairro Morada do Ouro, atualmente mantém o Projeto Social Maná na sede da Instituição Evangélica com cerca de 100 jovens carentes da Região.

“É impressionante o Curriculum do Professor Cláudio Ribeiro, que além de Professor de Judô e Jiu-Jitsu foi um ótimo Atleta com vários títulos pela federação mineira de Judô e já revelou Atletas de Alto Rendimento. Com toda a certeza somará e muito para o desenvolvimento do esporte em Mato Grosso” Comemora o Presidente da LMTLE Cyro Capistrano

A LMTLE – Liga Mato-grossense de Lutas Esportivas, tem sede na Cidade de Nova Ubiratã-MT e foi fundada com o intuito de agregar as mais variadas lutas, artes marciais e modalidades de combate do Estado de Mato Grosso.

“Desde a fundação da LMTLE, nos impressiona a boa adesão e procura por parte das unidades esportivas de diferentes lutas, artes marciais e modalidades de combate, mesmo que em tão pouco tempo. Resultado este que só vem confirmar a situação atual do artes marciais mato-grossense. Aqui prezamos pela transparência e liberdade” Enfatiza o Presidente da LMTLE Cyro Capistrano

Para filiação e dúvidas os canais da LMTLE são: (66) 99674-3615 – Cyro Capistrano, / e-mail: lmtle.oficial@gmail.com

Fonte: Assessoria de Imprensa LMTLE