Mayra Aguiar, Mario Tsutsui e Kiko Pereira serão homenageados nesta quarta no Prêmio Brasil Olímpico

Três representantes do judô brasileiro serão homenageados nesta quarta-feira, 28, pelo Comitê Olímpico do Brasil no Prêmio Brasil Olímpico. Os técnicos Mario Tsutsui (CBJ) e Kiko Pereira (Sogipa) dividirão o troféu de Técnico do Ano em modalidades individuais, algo inédito na história da premiação, pelo trabalho realizado com a bicampeã mundial Mayra Aguiar.

A judoca foi eleita a melhor de sua modalidade em 2017 e ainda concorre ao prêmio máximo da noite, de Atleta do Ano, no feminino. Mayra é uma das candidatas também ao prêmio Atleta da Torcida, cuja votação é popular e segue aberta até o início da cerimônia marcada para as 20h (Brasília), na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro. Vote aqui na Mayra Aguiar.

Na história do PBO, três judocas já foram eleitos os melhores do ano. João Derly venceu em 2005, ano em que foi campeão mundial; Sarah Menezes venceu em 2009, após se tornar bicampeã mundial júnior; e Rafaela Silva levou o prêmio em 2016, ano em que se consagrou campeã olímpica nos Jogos do Rio.

Entre os técnicos, Luiz Shinohara levou o título em 2007, e Rosicleia Campos foi a melhor em 2011.

Veja abaixo o histórico do judô naquele que é considerado o “Oscar” do esporte olímpico brasileiro.

Atleta do Ano
João Derly (2005)
Sarah Menezes (2009)
Rafaela Silva (2016)

Atleta da Torcida 
Rafaela Silva (2016)

Melhor Técnico 
Luiz Shinohara (2007)
Rosicleia Campos (2011)
Mario Tsutsui e Kiko (2017)

Judoca do Ano

2017 – Mayra Aguiar
2016 – Rafaela Silva
2015 – Érika Miranda
2014 – Mayra Aguiar
2013 – Rafaela Silva
2012 – Sarah Menezes
2011 – Leandro Guilheiro
2010 – Mayra Aguiar
2009 – Sarah Menezes
2008 – Ketleyn Quadros
2007 – Tiago Camilo
2006 – Flavio Canto
2005 – João Derly
2004 – Flávio Canto
2003 – Edinanci da Silva
2002 – Sebastian Pereira
2001 – Tania Ferreira
2000 – Tiago Camilo
1999 – Aurélio Miguel

Fonte CBJ | Assessoria Anju de Comunicação

Leave A Reply