Confederações, atletas e COB recebem ministro do Esporte e assinam termo de compromisso para ações de combate ao assédio

Representantes das Confederações Olímpicas Brasileiras, do Comitê Olímpico do Brasil (COB) e da Comissão de Atletas do COB receberam nesta terça-feira, 15, o novo ministro do Esporte, Leandro Cruz, na sede do COB no Rio de Janeiro. A reunião serviu para debater questões relativas à governança e medidas de combate ao assédio sexual e moral no Esporte. A CBJ esteve representada pelo seu presidente Silvio Acácio Borges.

Paulo Wanderley Teixeira, presidente do COB, deu as boas vindas na abertura do evento e, em seguida, passou a palavra ao ministro, que apresentou a Cartilha de Governança do Ministério do Esporte.

“Ao mesmo tempo que o Ministério do Esporte apoia e dá suporte às entidades de administração do esporte brasileiro construírem a sua governança, a sua transparência e sólidos preceitos contra o assédio moral e contra o assédio sexual, a gente constrói uma via de mão dupla no ministério, se abrindo cada vez mais ao diálogo, ao debate, à construção coletiva com essas entidades, à transparência e a uma forma de gestão cada vez mais democrática”, declarou o ministro Leandro Cruz.

Por fim, as Confederações e o COB assinaram um Termo de Compromisso para executar ações de educação e prevenção ao abuso e assédio sexual e moral no Esporte.

“As ações propostas têm por objetivo a preservação da dignidade da pessoa humana e seus direitos fundamentais, tais como a liberdade, a intimidade, a vida privada, a honra, a igualdade de tratamento e o direito a um bom ambiente de trabalho, e de prática esportiva, sadio e seguro”, declarou o presidente do COB, Paulo Wanderley. “Assim como o COB assumiu o compromisso público de desenvolver ações efetivas para prevenção do abuso e assédio sexual no ambiente esportivo, solicito que as confederações também se engajem como forma de adesão para um trabalho em conjunto com o COB”, completou o presidente do COB.

Além do Termo de Compromisso, o COB elaborou uma cartilha (CLIQUE para ver), que foi distribuída aos presentes na reunião com informações e orientações para a prevenção do assédio sexual e moral no ambiente esportivo. Outra ação prática do COB neste sentido é a criação do Canal de Ouvidoria e Ética do COB, que estará aberto a partir do dia 22 para receber relatos de denúncias, reclamações e sugestões não apenas ligadas a questões de assédio e abuso.

Após a cerimônia para a assinatura do Termo de Compromisso, o Ministro do Esporte respondeu a perguntas dos representantes das Confederações sobre assuntos variados como Lei de Incentivo ao Esporte, Bolsa Atleta e a própria Cartilha de Governança.

Também estiveram presentes ao encontro o vice-presidente do COB, Marco La Porta, o diretor-geral do COB, Rogério Sampaio; o secretário nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor, André Argôlo; o diretor do Departamento de Esporte de Base e de Alto Rendimento do Ministério do Esporte, Raimundo Neto; e o diretor do Departamento de Acompanhamento e de Políticas e Programas Intersetoriais de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social, Rafael Azevedo. Os medalhistas olímpicos Emanuel Rêgo, Isabel Swan e Yane Marques representaram a Comissão de Atletas do COB na reunião.

Foto: Francisco Medeiros/Ministério do Esporte

 

 

Fonte: CBJ | Assessoria Anju de Comunicação

Leave A Reply