Você pode deixar sua contribuição de diversas formas, seja qual for, ela será mais que bem vinda, nos ajudar você estará ajudando quem precisa!

  • Home
  • »
  • Notícias
  • »
  • Do Japão para Prudente: universitária é campeã em estreia e ajuda atlética a ficar no top 3 de torneio interestadual

Do Japão para Prudente: universitária é campeã em estreia e ajuda atlética a ficar no top 3 de torneio interestadual

Judoca desde criança, Bruna Tanaka conquista o ouro no jogos “Integração Universitária”; com cerca de 260 integrantes, UAT fatura 12 medalhas na competição.

A União Atleticana Toledo (UAT), da Toledo Prudente Centro Universitário, faturou duas medalhas de ouro nos jogos “Integração Universitária”, competição interestadual disputada no último final de semana, em Ilha Solteira (SP). Uma das conquistas douradas foi alcançada por Bruna Tanaka. O sobrenome já entrega! A prudentina nascida no Japão foi a melhor no judô e ajudou a atlética a ficar entre os três primeiros na classificação geral.

Com 17 anos, Bruna entrou duas vezes no tatame em Ilha Solteira, teve 100% de aproveitamento e subiu ao lugar mais alto do pódio na categoria feminina absoluto. E isso que foi apenas a primeira competição dela com a camisa da UAT.

– Fiquei muito nervosa, mas deu tudo certo e foi bem legal.

 

 

 

Judô da União Atleticana Toledo faturou quatro medalhas nas disputas (Foto: Bruna Tanaka / Cedida)

A jovem é novata só na atlética e no curso de administração, porque quando o assunto é esporte, ela possui um vasto currículo. Inspirada no pai, que é faixa preta, a judoca pratica a arte marcial desde a infância.

– Comecei com uns 4, 5 anos e não parei mais. Já fui federada, e a competição mais importante para mim foi o Campeonato Paulista, em 2013, em São Bernardo do Campo, quando fiquei em segundo lugar. Guardo com carinho na memória, porque o torneio é bem difícil e eu fui muito bem. Foi bem gratificante.

 

Natural de Hiroshima, Bruna se mudou para Prudente quando tinha 2 anos. Seus pais são brasileiros, e ela nasceu na época que os dois estavam a trabalho no Japão. Com o judô no DNA, a universitária quer continuar colocando em prática toda a experiência e o conhecimento a favor da UAT.

– Conheci um pessoal bem bacana nos jogos Integração Universitária, do judô masculino da atlética, e espero seguir representando a UAT.

 

Universitária já foi federada e disputou diversas competições (Foto: Cristiane Ishizava / Judô Nacional)

 

Fonte: Globo Esporte.com
Por João Paulo Tilio, Presidente Prudente, SP
Foto do post: Cristiane Ishizava/Judô Nacional

Leia Também!

Com mais três bronzes neste sábado, Brasil encerra Grand Slam de Abu Dhabi com sete medalhas

Mayra Aguiar, Beatriz Souza e Maria Suelen Altheman foram ao pódio no último dia. Próxima competição do Brasil será o Grand Slam de Tóquio, em dezembro

Ver mais

Federação Catarinense de Judô adequa seus estatutos à Lei Pelé

Para obter recursos da Lei de Incentivo ao Esporte (LIE), representantes das agremiações aprovam novo estatuto por aclamação

Ver mais

Com mais de 30 mil acessos por mês site da Anju passa a receber patrocínio do Google

ANJU - Um Projeto de Vida

Ver mais

MPF/SP vai fiscalizar Conselho Regional de Educação Física por exigência irregular de registro a pessoas sem diploma na área

Decisão judicial proíbe que Cref4/SP controle a permissão de trabalho a profissionais como instrutores de dança, capoeira, ioga e artes marciais

Ver mais